Wrap de inverno, a sustentabilidade das almôndegas, alecrim não é sabonete não

por Sal e Sol

Muito animada com várias coisas:

  • Ganhei flores do meu Felipe (chique né?!);
  • As encomendas de cachecol continuam;
  • Várias ideias de coisas lindas que começarei a fazer para a Lua Jacaré em breve;
  • Enfim, livre dos curativos;
  • A chegada de um livro novo pra monografia, “O que é o contemporâneo? e outros ensaios. – Giorgio Agamben“.
  • E uma delícia de receita inventada pelo meu Felipe para o nosso almoço de hoje.

Há umas duas semanas havia feito almôndegas para nosso almoço cotidiano. A receita do Jamie Oliver do livro Revolução na Cozinha, me pareceu rápida e prática, além de muito semelhante a do hamburguer.

Entretanto, quando dei a primeira mordida numas das minhas preciosas bolinhas feitas com amor e carinho, pensei mordi um sabonete. Parecia uma almôndega de incenso indiano. Que desgraça!

A quantidade de alecrim sugerida por Jamie e acatada por mim, fez com que as almôndegas entrassem em crise existêncial. Elas simplesmente não eram almôndegas,  o alecrim dominou o sabor delas de tal forma que perderam sua personalidade única de serem almôndegas, ou seja, com gosto de carne.

Reclamei, deixei no prato, mas congelei doze almôndegas que não havia fritado, pensando que ficariam no congelador pelo resto da minha vida.

Hoje o Felipe começou a pensar sobre o almoço e lembrou delas no congelador, criou uma receita incrível e super prática. Isso é o que eu chamo de sustentabilidade, dar um destino feliz a coisas que se perderiam. O velho lema: Reduzir, reutilizar, reciclar foi colocado em prática e caiu como uma luva!

Um delicioso wrap de inverno, com sabor forte, marcante e harmonioso. Nada fora do lugar! Perfeito!

Wrap de Inverno do Felipe (Pra lembrar de Kebabs ou do Brick n.11 e seu sabor de Feta).

Ingredientes (quantidades? pra quê? Época de copa do mundo, foi no chute!)

  • Almôndegas (frite-as em azeite ou óleo) – A receita está lá embaixo (tentaremos fazer com carne de cordeiro moída ou até carne de cordeiro, misturada a carne de porco moídas)
  • Pão-folha (Rap 10 integral ou pão sírio)
  • Queijo Feta
  • Hortelã
  • Azeite
  • Pepino
  • Pimenta-do-reino moída na hora

Molho de queijo feta

Misture com um garfo o queijo feta cortado em pequenos pedaços, folhas de hortelã picadas, azeite e pimenta-do-reino, até formar uma espécie de patê.

Recheio

Corte os pepinos em talos com casca, sem sementes, do tamanho de um giz (não sei se é a unidade de medida mais apropriada, mas acho que todos já viram um giz e foi a primeira coisa que me veio a cabeça).

Montagem

Sobre a fatia de pão aquecida no forninho elétrico (não deixe ficar crocante, é apenas pra tirar a friaca do inverno que invadiu a dispensa), no nosso caso foi uma folha de Rap 10 pra cada, passe um pouco do molho de queijo feta, distribua uns três pedaços de pepino, coloque as almôndegas (quantas couberem, de acordo com o tamanho do seu pão), enrole.

Finalização

Coma!!!

Receita de Almôndegas do Jamie (Revolução na Cozinha)

*24 bolinhas (4-6 pessoas)

ingredientes

  • 4 galhos de alecrim fresco (O culpado de não ter gosto de almôndega!)
  • 12 cream crackers
  • 2 colheres (chá) cheios de mostarda Dijon
  • 500 gr de carne moída de boi e de porco, ou uma delas, ou até de cordeiro, de boa qualidade
  • 1 colher (sopa) cheia de orégano seco
  • 1 ovo grande (de preferência caipira ou orgânico ou os dois juntos)
  • sal marinh e pimenta-do-reino moída na hora
  • óleo de oliva

preparo

Arranque as folhas de alecrim dos talos e pique-as finamente. Embrulhe os crem crackers em um pano de prato limpo e esmague-os até obter um farelo fino, quebrando os pedaços maiores com as mãos. Coloque os farelos em uma tigela com a mostarda, a carne moída, o alecrim picado e o orégano. Quebre o ovo dentro da tigela e adicione uma boa pitada de sal e pimenta-do-reino. Com as mãos limpas (!), esmague e misture tudo muito bem, Divida a mistura em 4 bolas grandes. Com as mãos úmidas, divida cada bola em 6 porções e enrole-as para formar pequenas bolinhas – você deve ficar com 24 almôndegas. Regue-as com o óleo de oliva e role-as para que fiquem cobertas. Coloque-as em um prato, cubra e deixe na geladeira até a hora de usar.

Para cozinhá-las: Em uma frigideira com dois fios de azeite, deixe-as cozinhar por 8 a 10 minutos, ou até que fiquem douradas (para checar se estão cozidas, abra uma delas – aproveite e faça o que eu chamo de Jacaré! – uma definição gastronômica!). Não deve haver um pedaço rosado!

(!) Dica: Para servir com massa, a partir desse ponto, adicione as almôndegas no molho que irá na massa, um bom molho de tomate fica gostoso