Emil Zatopek, o Cara!

por Sal e Sol

A capa do livro e o Emil fazendo caras e bocas, correndo

Pois eu disse que iria escrever sobre o livro “Correr”, de Jean Echenoz, e aqui estou eu escrevendo sobre o corredor mais incrível que já existiu: Emil Zatopek.

Emil Zatopek

Esse é, definitivamente, O Cara! Emil é de Praga, nasceu em 1922 e começou a correr quase que por obrigação. Daí pra ele virar um dos maiores corredores da história, foi um pulo. Ele conseguiu a façanha de ganhar ouro nos 5.000, 10.000 e na maratona em uma mesma Olimpíada, a de Helsinque, em 1952. Além dos muitos recordes nacionais e mundiais que conseguiu bater, correu e venceu a São Silvestre, em 1953, sob aplausos calorosos brasileiros.

Entretanto, Zatopek viveu o auge da sua carreira como corredor em uma época difícil na Tchecoslováquia, sendo perseguido pelo regime comunista que fez de tudo para acabar com a sua história.

“A locomotiva” como era chamado é um exemplo para qualquer corredor. Vê-lo correr é um prazer e um estímulo indispensável! E não faltam vídeos no youtube:

Mas melhor do que eu ficar falando aqui, é ler o livro escrito belissimamente por esse escritor premiado, que saiu pela Editora Alfaguara, em 2010.