A Pequena Padaria 10: Uma mão, um pão

por Sal e Sol

20130627-161417.jpg

Voltar um pouco para seguir em frente. Acho que vai ser assim agora. Um passo depois do outro com muita cautela e a baixinha sempre por perto.
Depois de muitos pães horrendos nas milhares de tentativas frustradas e farinha de trigo desperdiçada, panificar começou a fazer sentido e bem pra mim. Porém, o trabalho diário é tudo. E meus pães só melhoraram quando comecei a trabalhar arduamente na cozinha. O resultado desse esforço foi poder comer pães gostosos que eu havia congelado durante esse primeiro mês da Olívia. E foi justamente quando o último dos moicanos foi para o forno ontem de manhã que comecei a ficar preocupada. Seria o início de uma triste jornada de pão industrializado todo dia, não fosse o sling e minha insistência em fazer a pequena ficar lá. Ainda não posso cantar vitória pois a baixinha entrou lá dormindo depois de uma noite de cólicas. Talvez nem tenha se dado conta do que aconteceu, mas eu, com duas mãos semi-livres (semi porque rola um medinho de soltar ela completamente) pensei e agi rápido. Não sabia quanto tempo esse luxo ia durar e recorri àquelas que foram as precursoras de um monte de bolos gostosos que consegui fazer: Receitas de liqüidificador!
Confesso que os bolos são menos esquisitos do que um pão preparado dessa maneira. Mas é o que tem pra hoje meu Brasil. Melhor um na mão do que dois voando. E, convenhamos, depois da fase crítica de bolos de liqüidificador, veio a bonança com a batedeira. Eu acredito que logo mais conseguirei sovar com ela a tira-colo. É só uma questão de tempo, paciência e insistência.

20130627-161644.jpg

20130627-161711.jpg

Pão de Liquidificador (daqui)

INGREDIENTES

3 ovos inteiros
1 sachê de fermento biológico granulado
1/4 de xícara de leite de coco misturado a 1/2 de xícara de água
3 colheres de sopa de óleo vegetal
1 colher de chá de sal
3 colheres de sopa de açúcar
3 xícaras de farinha de trigo*
* Você pode usar 1 1/2 xícaras de farinha de trigo branca e 1 1/2 xícaras de farinha de trig integral. Para quem quer fazer o pão sem glúten, use a mistura de farinha sem glúten que você encontra em lojas de produtos naturais. Eu também gosto de acrescentar a essa mistura uma colher de amaranto ou linhaça. Não altera o sabor e fica super nutritivo.

PREPARO

Coloque todos os ingredientes, exceto a farinha, no liquidificador e bata-os ligeiramente. Coloque a mistura de líquidos em uma vasilha e aos poucos vá adicionando a farinha e mexendo com uma colher. O resultado será uma massa homogênea e pesada. Unte com óleo e enfarinhe uma forma de pão retangular. Aqueça o forno por 5 minutos na temperatura média e desligue-o. Coloque a massa de pão na forma e leve-a por 40 minutos ao forno aquecido, porém desligado para que a massa cresça. Após o tempo de crescimento, torne a ligar o forno e asse o pão por 15 minutos em temperatura média e mais 15 em temperatura baixa. Ele deve ficar dourado por fora. Retire o pão do forno, deixe-o esfriar por alguns minutos e desenforme-o. Depois de frio, você pode congelá-lo em fatias e reaquecê-lo no forno ou microondas.

Receita daqui:
http://www.semlactose.com/index.php/2012/06/21/pao-de-liquidificador/