sal e sol

Categoria: Uncategorized

Ato

o ato de desapegar soa exatamente o contrário.

Anúncios

Comida

20140603-202537.jpg
Não existe no mundo coisa mais linda do que comida que vem da terra ou do peito.

Mingau, au, au

Mingau de aveia da véia

É gente, o que a gente não faz para manter o corpinho, sentir leveza na corrida matutina e relembrar os tempos da infância? Mingau. Mingau de Aveia, da “véia” Quaker (pelo menos eu vejo uma “véia”).

Mingau é uma comida que por essência dá conforto. Aquele calorzinho bom, a textura que não exige esforço, a facilidade para comer embaixo de cobertas ou em frente à tv vendo um filminho, também são pontos positivos.

Pense comigo: Mingau de Aveia

  • 3 col. (sopa) de aveia em flocos tem 159 kcal
  • 250 ml de leite desnatado tem 98 kcal
  • umas gotinhas de adoçante da sua preferência e tcharan!!!

Onde você encontra um jantar assim. Claro que nem só de calorias vive o homem, tem os carbs, as fibras, as vitaminas, gorduras e tudo o mais. Mas não custa nada olhar só para os pontos positivos de vez em quando, né?!

Para fazer é simples. Eu faço assim:

Coloque todos os ingredientes em uma panelinha, deixe lá uns 5 minutinhos. Ligue o fogo e cozinhe por mais uns 5 minutinhos até chegar a consistência desejada. Tá pronto é só polvilhar canela por cima e papar.

Esse é o meu mingau da “véia”. Afinal sempre dizem que eu sou velha demais, pois durmo cedo, acordo cedo, gosto de ficar em casa, não dou muita bola para balada. Agora que eu comecei a correr só me falta um cajado na mão, já devo estar com uns 130 anos a mais em relação a minha faixa etária. Mas também o que se pode fazer quando se tem um cachorro que pula na sua cama as 5h30 da manhã doido para ir para o parque.

<3 <3 <3

amando ter esse blog!

Dias corridos na Accademia

Inacreditável como o tempo passa rápido. É bem verdade que o último mês foi corrido pois com as coisas do modobulb (minha empresa de fotografia) e por isso quase não pude parar aqui no Sal e Sol.

Vichyssoise, feita por mim e pela Marina (minha dupla)

Foram 14 intensas aulas com a professora Fátima sobre Habilidade Básicas e Avançadas na cozinha. Aprendi muito, muito mesmo e estou super feliz de ter tido coragem de começar esse curso.  Foram fundos, massas, sopas, molhos, técnicas de cocção, diferentes cortes de legumes e verduras, nomenclaturas e, sobretudo, boa comida.

Sopa fria de Laranja, feita por mim e pela Marina

Gazpacho Andaluz com croutons, feito por mim e pela Marina

Sem dúvida alguma acho que meu jeito de encarar a comida e a cozinha mudou.

Agora serão 9 aulas de Técnica de Corte e Manuseio de Carnes e Aves com o prof. Márcio Seiji e já posso contar que desossei um frango e em breve terei de fazer o mesmo com uma codorna!

Muito trabalho pela frente, sorte a minha!

Em breve uma notinha sobre o livro “Destrinchando” (Julie Powell) e mercados, mercadinhos e mercadões!

facas, facas e outras tralhas

.

Tralhas de cozinha amadas do meu coração, quanto mais melhor! Essas vieram dos states. O bofe trouxe na malinha pra mim. Minha vida melhorou imensamente com facas que são realmente maravilhosas, minhas amadas Zwilling J.A. Henckels!

O conjunto de facas – sendo uma 8 polegadas de chef -, uma chaira; um descascador de legumes; uma pinça; um fouet e a placa da Silvermark dobrável são meu kit de sobrevivência no curso da Accademia.

Ainda importei um lindo afiador da Wüsthof que será utilizado em breve e com carinho.

Agora ando sonhado com facas de desossar, cutelos, panelas de cobre, cocottes staub e afins…

Santo Michael Roux e Santo Bocuse, agradeço a graça alcançada, ter esse kit já é uma benção! =)

Férias para um blog, trabalho para outro

Queridos leitores do Lua Jacaré,

É com imensa satisfação que anuncio que este blog estará em férias até pelo menos 26 de fevereiro, motivo?! Um longa viagem a muito planejada e sonhada. Eu e o marido vamos percorrer todo o Rio São Francisco, desde a sua nascente até a foz, com paradas estratégicas em alguns lugares que temos vontade de conhecer, para realizar um projeto fotográfico que imaginamos finalizado como um belo livro, que sairá pela editora modobulb (isso mesmo, aquele nosso outro blog sobre fotografia).

Essa primeira exploração do nosso território brasileiro será muito estimulante, divertida e, sobretudo, enriquecedora.

Muitas receitas serão coletadas, além de histórias, estórias e fotografias!

Espero que vocês tenham paciência de esperar e retomar a leitura quando esse blog voltar ao seu cotidiano.

Para vocês, um presente…

Der Rio San Francisco – Frans Post – 1635 (óleo sobre tela – 60 x 95 cm)

Meu primeiro texto crítico publicado

Há um tempo atrás fui convidada para escrever um texto para a revista Santa Art Magazine, sobre o trabalho do fotógrafo Dimitri Lee. Finalmente a nova edição da Santa foi lançada em São Paulo, na Galeria Vermelho e pude ver o texto impresso nessa grande publicação. Fico muito feliz, pois depois de tanto estudo, dedicação e reflexão percebo que consigo começar a articular o pensamento sobre a Fotografia e outros elementos que a cercam.

A Santa é uma publicação trimestral, dedicada a investigação, reflexão e debate sobre arte contemporânea. A qualidade da impressão é inacreditável!

A revista é vendida na Livraria da Vila, Livraria Cultura, Lojinha do Mam entre outros lugares. Mas, quem tiver interesse, é preciso correr, pois esgota super rápido!