sal e sol

Tag: Camarão

Caldinho de moqueca de Cação

Da moqueca ao caldinho. A única foto que consegui fazer da minha primeira moqueca foi do aperitivo do dia seguinte.

Primeiro a receita da moqueca, para o caldinho é só bater o que sobrou no liquidificador, completar com água se necessário, acertar temperos, guarnecer com um camarão em cada cumbiquinha, um fiozinho de azeite de oliva e uma pitadadinha de coentro picadinho!

Cervejinha pra acompanhar? Claro!

A moqueca virou caldinho!

Moqueca de Cação com Camarão

Ingredientes

  • 10 postas de cação
  • Suco de 1 limão
  • 700 gr de camarões frescos e limpos
  • 3 tomates em rodelas + 1 cortado em cubos
  • 2 pimentões vermelhos em rodelas + 1 cortado em cubos
  • 2 pimentões verdes em rodelas
  • 2 cebolas em rodelas + 1 cortada em cubos
  • 2 dentes de alho picadinhos para pasta + 1 para temperar
  • 1 talo coentro picadinha
  • 1/2 talo de salsinha picadinha
  • Sal e pimenta-do-reino
  • 400 ml de leite de coco
  • 1/2 xíc. de azeite de dendê
  • Azeite de oliva para refogar

 

Preparo:

Tempere as postas de cação com suco de limão, sal, pimenta-do-reino e 1 alho picado. Reserve por 20 minutos aproximadamente.

Corte em cubos 1 tomate, 1 cebola, 1 pimentão vermelho e bata no liquidificador com um pouco de água. Reserve.

Em uma panela aqueça o azeite de oliva, refogue a cebola, 2 dentes de alho. Acrescente o líquido batido no liquidificador.

Comece a montar uma camada de cebola, tomate e pimentão verde e vermelho cortados em rodelas. Distribua algumas postas de cação. Faça mais uma camada de peixe, tomate, cebola e pimentão por cima. Acrescente o dendê e o leite de coco misturado com 1/2 folhas de um talo de coentro e 1/4 folhas de um talo salsinha picados. Mexa com uma colher de pau o líquido delicadamente para que o leite de coco, o azeite de dendê e o pasta feita no liquidificador se misturem.

Acerte sal e pimenta. Deixe cozinhar por 20 minutos. Quando o peixe estiver cozido, adicione os camarões e deixe cozinhar por mais 5 minutos ou até ficarem rosados. Salpique coentro picadinho por cima e sirva acompanhado de farofa de banana da terra com dendê e arroz branco!

Anúncios

Uma ilha, uma minicozinha e um poema

.

Férias na Ilha Bela, um belo festival do camarão que nos rendeu um purê de mandioquinha com camarões grelhados e um risotto de limão sciliano com camarões lindos! Dias de chuva e dias de Sol. Dias de Nico! Dias de muito descanso e alegria pura!

.

.

.

Casamento

Há mulheres que dizem:
Meu marido, se quiser pescar, pesque,
mas que limpe os peixes.
Eu não. A qualquer hora da noite me levanto,
ajudo a escamar, abrir, retalhar e salgar.
É tão bom, só a gente sozinhos na cozinha,
de vez em quando os cotovelos se esbarram,
ele fala coisas como “este foi difícil”
“prateou no ar dando rabanadas”
e faz o gesto com a mão.
O silêncio de quando nos vimos a primeira vez
atravessa a cozinha como um rio profundo.
Por fim, os peixes na travessa,
vamos dormir.
Coisas prateadas espocam:
somos noivo e noiva.

(Adélia Prado)

Dicas da Dona Benta: Camarões com Catupiry

Meu querido Felipe está resfriado. Ontem quando o encontrei para irmos assistir a última palestra do Ciclo da Pinacoteca, ele já estava praticamente sem voz e com uma cara de pé-na-cova. Não conseguimos almoçar e então quando chegamos em casa,  eu ainda pensava em comida de verdade. Como ele estava assim tão abatido, pensei só uma comida suculenta, quentinha, engordativa, com gosto de comida de casa de vó poderia reanimar.

Lembramos de um pacote de camarão no congelador e ele suspirou a palavra Catupiry. Achei improvável, para não dizer impossível Jamie Oliver nos ajudar. Fui na nossa mini biblioteca gastronômica em busca de uma solução. A bondosa Dona Benta quase pulou em cima de mim…

Não agüentei com o peso dela e tchanrannnnnnn

Camarões ao Forno com Catupiry


Ingredientes

  • ½ kg de camarões médios limpos
  • 4 colheres (sopa) de óleo
  • 2 colheres (sopa) de manteiga
  • 1 cebola picada finamente
  • 6 tomates sem pele e picados (Eu usei uma lata de 400 gr de tomate italiano sem casca – aquele Raiola)
  • 500 gr de requeijão Catupiry
  • Farinha de trigo [ara empanar (uma quantidade boa)
  • Sal e pimenta-do-reino

Preparo

Tempere os camarões com sal e pimenta-do-reino. Passe-os pela farinha de trigo para empaná-los. Depois retire o excesso . Deixe-os reservados.

Numa panela de fundo largo, aqueça um pouco do óleo com uma colher (sopa) de manteiga

Depois adicione os camarões, dourando-os aos pouco, escorra e coloque mais óleo e manteiga na panela a cada adição (MUITO CUIDADO, EU FIZ ISSO E FICOU MUITÍSSIMO OLEOSO, MAS NÃO AO PONTO DE ESTRAGAR TUDO). A farinha dos camarões irá se depositar no fundo da panela, essa farinha irá deixar o molho mais espesso depois de pronto.

Após fritar todos os camarões, retire-os da panela e refogue nela cebola, raspando o fundo da panela com uma colher de pau. Acrescente os tomates picados e a salsinha

Coloque um pouco de água e deixe ferver por 20 minutos em fogo baixo, depois adicione os camarões e deixe cozinha por mais 5 minutos, tempere com sal e pimenta-do-reino moída na hora.

Espalhe 1/3 do catupiry no fundo de uma travessa refratária. Despeje sobre o requeijão o molho com os camarões e coloque por cima de tudo o catupiry restante.

Leve ao forno quente até que ferva e fique dourado. Sirva quente. A Dona Benta sugere arroz branco, eu servi com uma farofinha de ovo com bacon.

Delícia… o meu pequeno enfermo ficou muito feliz!